Notícias Organismos Públicos

Todas

2022-01-20 18:27:00 -

Prefeitura disponibiliza consulta sobre personalidades que dão nome a equipamentos públicos

Quem é a professora Olga Calil Menah que empresta o seu nome para uma escola municipal na região da Sé? Por que o Hospital Municipal da Brasilândia homenageia o médico Adib Jatene? Qual é a história de vida do Tenente Brigadeiro Roberto Faria Lima, que nomeia um parque municipal na Vila Maria?

Para responder essas e outras questões, a Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento (SMUL), em parceria com a Secretaria Municipal da Cultura (SMC), acaba de disponibilizar a camada “Próprio Municipal” no Portal GeoSampa.

A partir desta novidade, o usuário do mapa digital da cidade poderá conferir onde estão localizados os equipamentos públicos que homenageiam personalidades nacionais e internacionais, além de consultar a biografia deles.

A camada também mostra qual secretaria é responsável pelo equipamento. São escolas, hospitais, parques, museus....

As informações são do Arquivo Histórico Municipal, vinculado à Secretaria Municipal da Cultura (SMC).

Importante destacar que nem todas as pessoas podem dar nome a um equipamento público. A Lei nº 14.454/2007 define que a personalidade precisa já ter falecido, prestado serviços importantes à sociedade ou algum tipo de relação com a repartição, serviço instalado nela ou a população próxima. A denominação de um equipamento ocorre por meio de decreto municipal ou projeto de lei da Câmara Municipal.

 Como acessar?

Acesse o Portal GeoSampa e ative as camadas “Patrimônio Cultural > Próprio Municipal”. Ícones aparecerão no mapa. Para consultar informações sobre um ponto em específico, pressione o botão “i” e em seguida clique no equipamento de seu interesse.

As informações sobre a camada também podem ser baixadas através da seção “Download de Arquivos”.

 Patrimônio Municipal

A nova camada torna ainda mais completo o grupo “Patrimônio Cultural” no GeoSampa.

Já estavam disponíveis informações sobre bens tombados, acervo de obras de arte e monumentos em espaços públicos e até registros de locais que serviram como palco de repressão ou resistência em virtude da ditadura militar.

Além disso, o usuário do mapa digital já tinha a oportunidade de consultar o patrimônio arqueológico completo do município. São cemitérios clandestinos, artefatos tupis-guaranis e até ruínas de mineração de ouro.

Portal GeoSampa

O Geosampa é um portal coordenado pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento (SMUL) que segue as diretrizes do Plano Diretor Estratégico (PDE). Ele reúne dados georreferenciados sobre mais de 350 camadas relevantes à cidade, como zoneamento, rede de transporte público, bibliotecas, escolas e parques.

Em 2021, o portal bateu recorde e registrou mais de 2,6 milhões de acessos.

Clique aqui para acessar o GeoSampa.