Notícias Organismos Públicos

Prefeitura

2022-01-21 12:20:00 -

Área de pediatria da UPA Anchieta-Metropolitana ganha andar exclusivo

A Unidade de Pronto Atendimento Anchieta-Metropolitana passou por reestruturação e a partir desta sexta-feira, 21 de janeiro, a área de pediatria, que dividia o segundo andar do prédio com atendimento de adultos, passa a ter um andar (o primeiro) exclusivo.

 

 

A reestruturação do espaço, informa o diretor de Urgência e Emergência da Rede Mário Gatti, Steno Pieri, permitirá ampliar os estágios em clínica médica e em pediatria. Atualmente, a Rede mantem convênio com a Unicamp na área de ensino e atuam na unidade dois preceptores (um em clínica e outro em pediatria), com quatro alunos em cada especialidade.

 

 

A unidade de urgência e emergência foi inaugurada em 2020 e substituiu o Pronto Atendimento Anchieta, que foi desativado e os profissionais transferidos para a UPA. Com 3 mil metros quadrados de área construída (quatro vezes maior que a anterior) a dificuldade para operacionalizar a nova unidade em sua plena capacidade ocorreu em função da necessidade de aporte recursos humanos. Por isso, o primeiro andar permaneceu fechado.

 

 

A abertura foi possível agora, segundo Pieri, graças ao remanejamento de profissionais de saúde que atuavam na UPA Campo Grande para outras unidades de urgência e emergência e às contratações emergenciais, que beneficiaram também a UPA Anchieta-Metropolitana. A unidade é responsável por 400 atendimentos diários de adultos e crianças. Cerca de 20% dos atendimentos são de pacientes de Hortolândia e Sumaré.

 

 

O atendimento pediátrico conta com uma estrutura de nove leitos, sendo três para emergências, cinco de observação e um de isolamento. No atendimento de adulto são seis leitos para emergências, 16 de observação e dois de isolamento. Três pediatras atuam na unidade durante o dia e dois noite e mais quatro clínicos durante o dia e três a noite, além dos preceptores e alunos da Unicamp.

 

 

Na quinta-feira,13 de janeiro, A UPA Anchieta-Metropolitana ganhou um reforço importante no atendimento das urgências e emergências, com a entrada em operação da nova base do Samu no local, com uma estrutura composta por três viaturas de suporte básico de vida e uma de suporte avançado (UTI). A base dá apoio à UPA, que recebe pacientes graves e que demandam transferências rápidas para hospitais.