Notícias Organismos Públicos

Câmara Municipal

2022-08-03 14:35:00 -

Fernando Mendes protocola projeto que institui a plantação de hortaliça nativa brasileira nas escolas municipais que possuem hortas

O vereador Fernando Mendes (REPUB) protocolou projeto de lei que institui a plantação de Ora-pro-nóbis nas escolas municipais que possuem hortas, e o desenvolvimento de receitas culinárias para aplicação no cardápio escolar, sob a coordenação da equipe de nutricionistas do Programa de Alimentação Escolar de Campinas.

A Ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata Miller) é uma hortaliça nativa brasileira que se propaga facilmente, sendo de fácil cultivo doméstico, podendo ser utilizada como fonte nutricional alternativa e de baixo custo.

“A proposta tem como objetivo levar conhecimento a comunidade escolar sobre outras fontes de nutrientes de alimentos, principalmente a fonte proteína de origem vegetal, contribuir para a melhora dos hábitos alimentares e consumo de alimento de alto valor nutricional”, salienta.

O parlamentar afirma que estudos têm demonstrado o potencial dessa hortaliça como complemento à alimentação humana, devido às propriedades nutricionais, pois apresenta alto teor de proteína, grande quantidade de fibras insolúveis, altos teores de ferro, cálcio, fósforo e magnésio, nutrientes esses que são recomendados para a dieta alimentar diária, auxiliando na prevenção de doenças causadas pela deficiência desses minerais.

De acordo com a justificativa da propositura, as folhas são comestíveis e podem ser facilmente incluídas na alimentação, sendo usadas em várias preparações como saladas, recheios, refogados e tortas. Assim, segundo o vereador, o preparo da folha da planta é relativamente simples, pois é feito como qualquer verdura normalmente utilizada na culinária. Nas escolas municipais existe o programa "Horta Escolar", destinado ao cultivo de mudas de árvores frutíferas, hortaliças e plantas medicinais.

“A horta pedagógica nas escolas propicia que os alunos construam conhecimentos e habilidades que lhes permitem produzir, descobrir, selecionar e consumir os alimentos de forma adequada, saudável e segura, contribuindo com a inserção de mais legumes e verduras na alimentação escolar e na vida familiar”, finaliza.

 

Texto e Foto: Diretoria de Comunicação Institucional da Câmara Municipal de Campinas